Assine nossa newsletter:

Desejar

HILMA AF KLINT: Mundos Possíveis

2 de março de 2018 por Doriana Campos . 0 Comentários

Pela primeira vez na América Latina e abrindo o calendário de exposições do ano de 2018 na Pinacoteca, começa amanhã uma mostra individual da pintora sueca Hilma Af Klint (1862-1944).
Poucas pessoas, além do mundo da arte, ouviram falar dessa artista única, instigante e brilhante.
Pioneira na arte abstrata, fundou a pintura geométrica e colorida que foi atribuída aos pintores
Wassily Kandinsky, Piet Mondrian e Kazimir Malevich muitos anos depois.
Espiritualista e amante do ocultismo, a artista estava muito a frente de seu tempo. Por isso, manteve em segredo suas obras durante toda a sua vida e, o mais interessante, deixou em testamento uma ordem para que fossem exibidas só depois de 20 anos de sua morte.
Hilma guardou seu trabalho para o futuro. E o futuro é agora! Sua vida e obra são permeadas por todos os temas mais candentes da sociedade atual. Novas relações com o espiritual, ruptura de padrões estéticos e a produção feminina na arte mundial.

27f04e8602f79afec955113422744a91

785a6764e32de3b4ee3fae4e7419ef78

865102c3d817084884a888f8b8a5b489

df6f551ae87686a567995e87c408135a

ESTAÇÃO PINACOTECA
PRAÇA DA LUZ- 2
www.pinacoteca.org.br

 

Deixe o seu comentário

0 Comentários




Outras matérias

O Belo no Papel

O Belo no Papel é o nome da marca de...

INCENSARIA PRIMEIRA FOLHA

“Tudo no universo encontra-se em constante troca de energia, inclusive...

SABON SABON

Idealizada pelas amigas Anna Candelária e Paula Nobre, a Sabon...

AS JOIAS DE SELIM MOUZANNAR

Por Márcia Atui Mais um pouquinho do Líbano! Como toda...

SRTA. GALANTE

Você conhece alguma mulher que não goste de tricô ou...

O PODER DOS CRISTAIS

Estamos em 2017! Hora de começar a por em prática...

Le Coussins

O Blog Design Interior em parceria com a Le Coussins,...

ESMERALDAS

A Esmeralda, uma variedade rara do mineral berilo é muito...

Detox: água aromatizada

Depois dos abusos do domingo, almoços e jantares para comemorar...

Arte de Bem Receber

“A etiqueta se moldou a vida corrida de hoje, porém...